Games | 08 de janeiro, 2017

Mais um dia de emoções! – ESL One Genting 2017 – Dia 2

A ESL One Genting 2017 continuou a todo vapor na madrugada do dia 07/01, com partidas emocionantes e mais um show de jogadas individuais a primeira fase do torneio finalmente foi finalizada e tudo está pronto para a  última fase que ocorre amanhã(08/01). Recapitularemos resumidamente os momentos mais importantes do dia.

O dia começou com o duelo entre Team NP vs Fnatic, depois de um começo ruim no campeonato, ambos os times procuravam a redenção nessa série para se manterem vivos. O primeiro jogo foi dominado do início ao fim pelo time americano, onde o ás asiático Chai “Mushi” Yee Fung, como Medusa, nunca entrou realmente no jogo. Jogando um 5×4 virtual, com cerca de 40 minutos o “gg” foi digitado e o tento foi anotado para a Team NP. Destaque para Jacky “EternalEnvy” Mao que mostrou estar afiado em seu Ember Spirit, desviando de múltiplas habilidades e controlando majestosamente as team fights. No jogo da eliminação para a Fnatic eles apostaram em uma estratégia agressiva, escolhendo Tinker e Lifestealer como heróis principais, entretanto a execução não foi tão boa, com alguns erros cruciais no meio do jogo e outra boa atuação de EternalEnvy, dessa vez como Mirana, o time americano suportou a pressão da fase intermediária do jogo e operou o famoso comeback para fechar a série e eliminar o time oriental.

Na segunda série do dia, valendo vaga nas semi-finais, a Team NP encarou a Virtus Pro. Na primeira partida a equipe americana apostou em uma formação orientada para team fights, e deu certo durante grande parte do jogo. Briga após briga a Team NP parecia estar ganhando vantagem, mas os russos não cometeram erros críticos e continuaram em um jogo passivo para juntar o dinheiro e níveis necessários para bater de frente com os seus adversários. Por ter uma composição forte na fase final do jogo, eventualmente os russos ficaram muito fortes e o gás dos americanos acabou, culminando em uma derrota após 55 minutos muito bem disputados. No segundo jogo os americanos aparentaram ter sentido a derrota, e não conseguiram executar a estratégia que utilizaram mais cedo contra a Fnatic. Em um jogo relativamente unilateral a Virtus Pro eliminou a Team NP do campeonato e seguiu para as semi-finais. Destaque do último jogo foi Vladimir “Noone” Minenko em seu famoso Invoker, que controlou o fluxo do jogo de maneira impressionante.

O penúltimo duelo do dia foi Execration vs WG.Unity, e apesar de não ser um duelo tão esperado pelos fãs, foi bastante interessante. Sendo a única série do dia onde os 3 jogos foram jogados, a Execration começou forte com uma formação agressiva em volta de um Dragon Knight, e a WG.Unity tentou responder com a clássica estratégia em torno de uma Drow Ranger. A agressão da Execration funcionou bem e a vantagem obtida por eles no começo do jogo foi suficiente para eventualmente atropelar os seus oponentes. No jogo 2 tivemos os papéis invertidos, apesar de ter uma formação extremamente gananciosa, o início de jogo da WG.Unity foi suficientemente bom para que os seus 3 principais heróis, Morphling, Timbersaw e Juggernaut ficassem fortes e levassem o jogo sem muitos problemas, empatando a série. No jogo decisivo a Execration escolheu um herói costumeiro do time, apesar da estrela Abed “Abed” Azel Yusop, Meepo número 1 no mundo ter deixado o time, o capitão Kimuel “Kimo” Rodis mostrou que gosta do herói ao o escolher para sua outra estrela, Khim “Gabbi” Villafuerte. E executando muito bem uma estratégia ao redor do difícil personagem, a Execration ganhou o último jogo e se manteve viva no campeonato.

[destaque]

E por fim, para definir os times classificados, a Execration batalhou contra a Wings. A Execration teve um começo de jogo devastador, ganhando as 3 rotas e adquirindo uma larga vantagem até a marca dos 14 minutos, quando em uma série de pequenos erros e grandes jogadas de Chu ” Shadow- -“ e ” Zeyu e Zhang “y´” Yiping como Juggernaut e Rubick, respectivamente, a Wings virou o jogo e ficou grande demais para os guerreiros do sudeste asiático, encerrando o jogo aos 33 minutos. No jogo 2 a Execration arriscou bastante ao escolher um inconvencional Rubick para a trilha do meio, e apesar dos esforços de Gabbi no herói, a gigante chinesa mostrou o porquê de ser a atual campeã do The International. Com uma tomada de decisão e sinergia admiráveis, a Wings nunca perdeu o controle do jogo e conseguiu a vitória concedendo apenas 1 morte para os seus adversários, avançando assim para as semi-finais.

Com os resultados acima, o último dia do campeonato contará com as seguintes partidas:

Partida A – Newbee vs Wings Gaming, melhor de 3
Partida B – Digital Chaos vs Virtus Pro, melhor de 3
Partida C – Vencedor da Partida A vs Vencedor da Partida B, melhor de 5

Você pode conferir os jogos restantes no Site Oficial do Campeonato, além de poder acompanhar a cobertura completa todos os dias aqui no Nerdpub.

Gabriel Conrado

Sobre o Autor

Veja Também

logo-branca

Copyright 2018 © All Rights Reserved
Desenvolvido por Digital Pixie